Gm0viq9rftw5yj5uvl0i

Meninas na Programação? Sim!

É necessário preparar as meninas para um futuro com igualdade. Em 2020, 1,4 milhão de novos empregos em ciência da computação vai ser gerado, deste número, apenas 3% preenchido por mulheres. Segundo especialistas este número deve mudar, para isso, é necessário incentivar as mulheres a investir nesta carreira.

Apesar do progresso em algumas áreas, as mulheres permaneceram enraizadas nestas carreiras. Na área de tecnologia, nota-se que as mulheres são encontradas em setores de marketing, gerenciamento de projetos ou recursos humanos. Na liderança de empresas, elas representam um número baixo e não são as protagonistas em funções de decisão das empresas. Nos últimos séculos, não há dúvida que as mulheres estão mudando este cenário. Em profissões que antes eram consideradas apenas por homens, nota-se, cada vez mais mulheres trabalhando nessas áreas.

O mundo exige cada dia mais habilidades digitais, e as ofertas em programação estão em alta demanda. Aprender a programar é essencial para qualquer caminho de carreira bem sucedida. Aprender essa nova competência não só ajuda a preparar as meninas para esta carreira na área de tecnologia, mas também auxilia em uma série de lições de vida que as ajudarão a ser mais bem sucedidas.

Foi comprovado que crianças e adolescentes que estão interessados por tecnologia e a aprender a programar, desenvolvem e melhoram as habilidades como criatividade, otimização, raciocínio lógico, trabalho em equipe, tomada de decisões, aprendizado de novas línguas e ainda melhoram as notas em disciplinas como matemática, história, inglês, entre outras.

Crianças entram em desvantagens se não aprenderem a usar ferramentas e manipular a tecnologia para criar algo, e isto não inclui apenas usar a tecnologia de consumidor. Desde cedo, com o conhecimento e aprendizado de programação e robótica, meninas vão desenvolver habilidades essenciais que serão o grande diferencial no futuro em qualquer área que escolham, seja artes, medicina, engenharia, e etc.

Mesmo que as meninas não sigam carreira na área da tecnologia, é possível utilizar a programação e as competências digitais em diversos âmbitos da vida. Criação de páginas na internet, aplicativos, games, são apenas algumas das possibilidades para elas. Habilidades tecnológicas podem transformar o mundo e melhorar a vida das pessoas.

Ser reconhecidas por suas criações, faz com que as meninas se tornem mais seguras, a autoestima aumenta e ainda instiga a criar cada vez mais. Entender tecnologia e as linguagens de programação não é um bicho de sete cabeças, como muitos pensam. Aprender brincando é muito mais fácil! A tecnologia faz parte da nossa rotina e permite um mundo de infinitas possibilidades. Aprender linguagens de programações, discutir sobre inovação, e desenvolver projetos que podem melhorar a sociedade é possível para todas as crianças, e as meninas são parte fundamental.

Em Pelotas, a iniciativa veio da MooDev, a primeira escola de ciência da computação e robótica de nossa cidade. A MooDev ensina programação avançada de forma lúdica. Além de desenvolver a inteligência cognitiva, a matemática, o inglês e até a redação, na MooDev sua filha aprende e desenvolve habilidades que poderão ser usadas para criação de projetos reais, como: Jogos, aplicativos, sites, sistemas, robótica(automação) e muito mais.

Dê o primeiro passo !

Faça uma aula experimental gratuita, é rápido e sem compromisso!

Aula Grátis
Moodev programac%cc%a7a%cc%83o hmkzwz